"Ela é engraçada, ri por tudo, chora assistindo aquelas comédias românticas bem clichês, não é organizada tanto que não sabe se é seu quarto ou o coração o mais bagunçado. Ela sente ciúmes até daquilo que ainda não é seu, e ama ter atenção, se envergonha quando é elogiada ficando com o rosto todo corado, ainda leva consigo seus sonhos de menina. Ela sofre calada e sozinha, ela sorri quando tudo esta ruim e é capaz de fazer quem ama feliz mesmo quando sua vida vira de ponta cabeça. Ela sabe o que é amar, sofrer, esquecer e ser esquecida."
Queria eu,ser teu plural.
theme

“Muito se fala sobre o amor: o amor é isso, o amor é aquilo. Mas, embora que muitos falem, o fato de que nunca chegaremos a uma conclusão é solido. Porque o amor é isso: é podermos senti-lo, sem poder descrevê-lo.” 

Os abraços foram feitos para expressar o que as palavras deixam a desejar.
Anne Frank.    (via estrebias)

“Ás vezes a gente não precisa de muita coisa para ser feliz sabe? Ás vezes a gente só precisa de uma pessoa. Uma pessoa que lá no fundinho do nosso coração, a gente sabe que pode contar com ela em qualquer situação, como um companheiro. Ás vezes a gente só precisa de um abraço, de um carinho, de um aconchego, de um cafuné. Ás vezes a gente só precise de um alguém que nos elogie, que nos valorize. De uma pessoa que ame a gente, de uma pessoa que se importa com a gente, de uma pessoa que seja feliz com a gente. A gente precisa é de gente verdadeira, que demonstre, que fale o que sente, que mostre o que é, que não tem medo de arriscar tudo para ser feliz. Na maioria das vezes só precisamos ter a certeza que temos alguém, que alguém se importa, alguém que vai aproveitar os momentos felizes com a gente e ajudar superar os momentos tristes. Não precisa de muita coisa, só precisa ser sincero, com lealdade, com dedicação, com atenção, com amor.”

Sussurrava palavras de amor, enquanto seu coração as gritava.
A culpa é mesmo das estrelas?  (via atitudes-certas)

“E quando se for, deixa teu sorriso. Ou melhor, sua boca. Se for embora, deixe sua pele quente. Ou então, seus braços e abraços. Se for pra ir, deixe sua mania. Sua teimosia. Deixe comigo a paz que você carrega. Se quiser ir embora, deixe comigo sua amizade. Cumplicidade. Sua paixão. Se for pra não voltar, me deixe com o teu calor, carinho e tuas cócegas. Se quiser, deixe seu retrato. Sua lembrança. Seu beijo. Se for pra ir embora, não vá. Deixe você por inteiro.” 
— Cabana dos Sonhos.

Eu tenho um milhão de motivos pra fugir de pensar em você, mas em todos esses lugares você vai comigo. Você segura na minha mão na hora de atravessar a rua, você me olha triste quando eu olho para o celular pela milésima vez, você sente orgulho de mim quando eu solto uma gargalhada e você vira o rosto se algum homem vem falar comigo. Você prefere não ver, mas eu vejo você o tempo todo.
Tati Bernardi.  (via solenista)

w33d-land: